DESCRIÇÃO

Alguns processos oceanográficos estão diretamente relacionados ao desenvolvimento sustentável da região sul do Brasil, especificamente para a Lagoa dos Patos e seu estuário, e que apresentam forte relação com a influência de processos de ordem climática. Da mesma forma, espera-se que efeitos climáticos e alterações associadas aos mesmos estejam ocorrendo nesta região. Entretanto, o estado do Rio Grande do Sul carece de uma rede de monitoramento de parâmetros oceanográficos ao longo da sua linha de costa, o que dificulta a avaliação dos efeitos das mudanças climáticas sobre o sistema.

A situação atual indica uma série de lacunas no conhecimento e na infra-estrutura existente para a realização de medições. Estas limitações são mais evidentes nas questões relativas às observações diretas (séries temporais) de descarga, nível, vento, salinidade, que apresentam descontinuidades ou inexistem. Neste sentido, se faz necessário o desenvolvimento de metodologias alternativas e complementares que possibilitem o estudo de longo período da dinâmica da Lagoa dos Patos com base em informações pretéritas e técnicas de modelagem numérica. Estas metodologias possibilitarão a avaliação dos impactos das mudanças climáticas sobre esta região com baixo custo de operacionalização.

Portanto, o objetivo geral desta proposta é desenvolver e implementar uma estrutura de modelagem computacional que permita realizar estudos de longo período da dinâmica da Lagoa dos Patos, contribuindo para a avaliação das mudanças climáticas sobre processos hidrodinâmicos e morfodinâmicos deste ambiente.